José Loreto se pronuncia sobre vazamento de vídeo íntimo: ‘É crime’

Ator disse que o vídeo foi gravado há dez anos e foi divulgado sem seu consentimento

Na manhã do último domingo, 9, começou a circular nas redes sociais um vídeo íntimo em que José Loreto aparece. À noite, o ator se pronunciou sobre o caso, deixando claro que foi vítima de um crime e que vai tomar providências legais.

“A divulgação de fotos, vídeos e outros materiais com teor sexual sem o consentimento do dono é crime. Infelizmente, nas últimas horas, fui pego de surpresa ao ver minha intimidade exposta em um vídeo feito aproximadamente há dez anos e gravado sem a minha permissão, e, obviamente, sem a mesma para sua divulgação”, escreveu Loreto na legenda de uma foto no Instagram.

“A divulgação de vídeos íntimos não autorizados além de crime, é triste porque afeta as vítimas e também suas famílias e as consequências muitas vezes podem ser devastadoras. A partir daqui, não irei mais me pronunciar, meus advogados assumem o caso. Peço a todos compreensão e, sobretudo respeito e privacidade”, completou o ator.

O vídeo foi vazado na madrugada deste domingo, dia 9 de julho, e as imagens mostram o homem gravando o vídeo pela webcam. Ele primeiro gravou o seu rosto e depois apontou a câmera para a parte debaixo do corpo. O vídeo tem duração de 51 minutos, mas alguns internautas cortaram algumas partes do vídeo e fizeram uma versão com menor duração, cerca de 2 minutos. As imagens estão sendo divulgadas em todas as redes sociais e no Twitter.

 

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta