Jovem de 25 anos é preso suspeito de estuprar e roubar travestis em GO

O técnico em informática Wilson Inácio Costa Neto, de 25 anos, foi preso na segunda-feira (5) suspeito de estuprar e roubar duas travestis em Itumbiara, na região sul de Goiás. De acordo com a delegada Yvve de Melo, responsável pelas investigações, ele praticava o crime ameaçando as vítimas com uma arma.

Segundo ela, o jovem negou qualquer tipo de ligação com o crime. Apesar disto, a investigadora afirma que as vítimas o reconheceram e tinham as características do carro e alegam que os estupros e roubos aconteceram várias vezes.

“Elas eram abordadas por ele. No caminho do local para onde estavam indo, ele parava em um local ermo e praticava o estupro sob grave ameaça com arma de fogo. Elas relatam também que ele pegava o dinheiro que elas já tinham e ia embora as deixando neste local”, disse a delegada.

De acordo com a Polícia Civil, os crimes eram praticados por Wilson ao longo de pelo menos um ano. O último ocorrido, segundo uma das travestis relatou à polícia, teria sido há 15 dias. Conforme a delegada, Wilson é natural de Jataí, no sudoeste goiano, e morava em Itumbiara desde o ano passado.

Além das duas vítimas que já o identificaram como autor, a delegada disse que está ouvindo outras pessoas que podem ter sido abusadas pelo técnico em informática.

“Até então temos estes dois fatos confirmados. Com todas as características, pelos relatos, não há dúvidas de que seja ele. Agora a gente está apurando mais vítimas que ele pode ter feito aqui na cidade ou na região”, afirmou.

Wilson vai responder pelos crimes de estupro e roubo. Caso seja condenado, pode pegar entre 6 e 10 anos de prisão. Segundo a delegada, a pena pode aumentar caso a polícia identifique novas vítimas.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta