Jovem desaparece após atendimento médico em Santos, litoral de SP

Mariângela Braga, de 24 anos, sumiu na última quarta-feira.
Família conta com a ajuda da polícia para buscar informações.

Uma jovem desapareceu na última quarta-feira (15) após ficar internada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Central de Santos, no litoral de São Paulo. Segundo familiares, Mariângela Braga, de 24 anos, teria sumido antes mesmo de receber alta hospitalar. A polícia investiga o caso mas, até agora, não há informações sobre o paradeiro.

De acordo com Thalita Ferreira de Campos, amiga de Mariângela, a jovem, que é moradora do bairro Caneleira, em Santos, teve um mal-estar na última quarta e precisou ser levada à UPA. “Ela estava debilitada, precisava de ajuda até para ir ao banheiro. O irmão dela decidiu levá-la ao hospital. Lá, ela recebeu soro e ficou internada”, disse.

Ainda segundo a amiga de Mariângela, o irmão da paciente precisou ir até sua casa para comer e, quando outro familiar chegou ao hospital, a garota não estava mais lá. “Ela tem dois irmãos. Um a acompanhou na ida ao hospital e saiu em seguida. O outro irmão chegou ao hospital por volta das 6h e ela não estava mais lá”, afirma.

Thalita conta ainda que os familiares foram ao local e estão desesperados atrás de informações que possam levar a Mariângela. “Estão todos desesperados atrás dela. O irmão só chora. Várias amigas dela foram ao hospital buscar notícias. Como ninguém sabe o que realmente ocorreu, a família está sem chão”, finaliza.

Em nota, a Fundação do ABC informa que a paciente deu entrada na UPA Central de Santos em 15 de março, passou por atendimento médico e realizou exames. Foi medicada conforme prescrição e permaneceu em observação, aguardando os resultados dos exames. Segundo o relato de familiares, o irmão da paciente, que estava como acompanhante, deixou a unidade para buscar algumas roupas e outros pertences.

Quando o familiar que o substituiu chegou, a paciente já não foi encontrada.

A UPA Central de Santos possui sistema de monitoramento por câmeras, mas os funcionários da unidade não têm acesso às imagens. As gravações são feitas pela Secretaria de Segurança de Santos. Segundo a prefeitura, as imagens só podem ser disponibilizadas à polícia caso sejam solicitadas.

Fonte: g1/sp

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta