Juiz não paga conta de luz e processa companhia elétrica por danos morais

Lauro Jardim conta em seu blog no jornal O Globo que um juiz de Pernambuco deixou de pagar a conta de luz e teve o fornecimento cortado.

Até aí tudo bem. Só que o magistrado alega que não foi notificado previamente da interrupção e processou a companhia elétrica por danos morais.

Diz também que foi obrigado a pagar duas vezes a duas contas e as taxas para o religamento.

Como o juiz mora num condomínio de alto padrão, junto com colegas da Justiça, sentiu-se constrangido.

Ele perdeu em primeira instância e ganhou na segunda. Agora, o caso vai para o STJ e será julgado terça-feira.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta