Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Juros do cheque especial e do cartão de crédito seguem batendo recordes

0

As taxas de juros continuam batendo recordes. Em maio, os encargos médios do cheque especial cravaram em 311,3%, segundo divulgou nesta segunda-feira (27/6) o Banco Central (BC). É o maior resultado da série histórica, iniciada em junho de 1994.

No mesmo mês, a taxa de juros do crédito rotativo do cartão de crédito foi de 471,3%, média jamais registrada pela autoridade monetária desde abril de 2011. Em relação a abril, os encargos nessa modalidade subiram 18,9 pontos percentuais (p.p). Em 12 meses, esse avanço é de 111 p.p.

Com essas duas taxas de juros subindo tanto, a taxa média para as famílias foi de 71,7%. Também a maior da série histórica do BC. Devido ao cenário de riscos representado pela retração da economia, os bancos estão elevando os encargos na tentativa de amenizar os impactos do calote.

Em abril, a inadimplência dos consumidores foi 6,3%, voltando a subir após cinco meses de estabilidade da taxa de calote a 6,2%. Na opinião de analistas, os juros continuarão subindo, uma vez que a crise econômica seguirá destruindo mais postos de trabalho. Diante do aumento do desemprego, o nível de atraso de pagamentos continuará elevado, levando os bancos a elevarem as taxas.

Comentários
Carregando