Justiça concede habeas corpus a marido de delegada que agrediu segurança

Ele foi preso após agredir a sua mulher e uma segurança em um clube, no final do ano passado

O desembargador Nelson Missias de Morais, da 2ª Câmara Criminal da Comarca de Três Corações, no Sul de Minas, concedeu habeas corpus a um homem de 34 anos, preso após agredir sua mulher, uma delegada da Polícia Civil, e uma agente de trânsito em dezembro. A decisão foi expedida nessa quinta-feira (9). Na época o caso teve repercussão nacional, já que as agressões foram filmadas e circularam pelas redes sociais.

“Ao preso foi concedido parcialmente a ordem para substituir a prisão preventiva por medidas cautelares – comparecimento bimestral em juízo, obrigação de manter o endereço atualizado, proibição de aproximar-se a menos de 200 metros e fazer qualquer contato com as vítimas, salvo por meio de advogado”, informa o documento. A Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) informou à reportagem que o homem continua detido em uma unidade prisional na região metropolitana de Belo Horizonte.

Relembre o caso

Pela rede social, testemunhas contam que o suspeito estava agredindo a sua mulher, uma delegada de Polícia Civil, em um carro e a segurança interferiu. O homem de 34 anos foi identificado por moradores da cidade.

Marido de delegada que bateu em segurança feminina vai continuar preso
Marido de delegada que bateu em segurança feminina vai continuar preso

Segundo testemunhas, a vigilante queria que o homem parasse de agredir a própria mulher. No vídeo é possível ver o homem discutindo com a segurança e questionando a intervenção dela. A segurança agredida tem 23 anos e é moradora da cidade. No vídeo, é possível ouvir ele dizendo para a vigilante: “Ela é minha esposa e eu tô com vergonha do que ela está fazendo”, diz o homem.

Populares chegaram a tirar o suspeito de cima da segurança, porém muito exaltado, ele começa a xingar as pessoas que acompanham os acontecimentos. Um outro segurança vai falar com o suspeito que ele precisa aguardar a Polícia Militar. o rapaz continua bastante exaltado. As pessoas começam a pedir, com mostra o vídeo, que ele seja preso.

Segurança foi agredida por Neder

Pelo Facebook a vigilante postou o vídeo e desabafou: “Ola pessoal acabei de chegar em casa como vídeo ta rolando não escondo de ninguém apenas estava fazendo minha obrigação, para muitos que vi que defenderam ele só tenho a dizer se fosse você, sua filha, sua parente ele seria um coitadinho como muitos disseram? Fui vítima de um vagabundo que bateu na mulher dele que eu fui ajudar ela nem se quer tava ali pra me defender ou falar alguma coisa do tipo. Mais eu tenho minha consciência limpa que mesmo saindo na pior eu fiz o que era certo no momento ! E vamos me ajudar a divulgar essa publicação e que a justiça seja feita e já foi que esse vagabundo já ta preso essas horas ! Só queria agradecer a todos pelo carinho de todos”, disse a vítima em sua página, na época.

A Polícia Militar foi acionada para o local. Segundo os militares, o homem estava com um canivete. Ele teria ainda agredido uma terceira vítima que teve dois dentes quebrados. O homem chegou a dizer que a mulher tentou ir embora do evento e que ele tentou impedir. O Boletim de Ocorrência foi encerrado pela Polícia Civil.

Assista ao vídeo das agressões:

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta