Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Justiça condena criminosos que assaltaram casa do advogado Manoel Jurado

0

Alexandre Gonçalves de Lima Alves e Adriano Soares Campos foram condenados pelo assalto e tentativa de homicídio contra o advogado Manoel Flávio Médici Jurado, de 70 anos de idade, em Porto Velho. Os criminosos receberam a pena de detenção em regime inicialmente fechado, respectivamente, por 12 anos e seis meses e 13 anos.

Segundo os autos do processo, no dia 11 de abril deste ano, Alexandre e Adriano, acompanhados de um terceiro comparsa, Leonardo Pereira de Souza (Nego Léo), invadiram a residência do advogado, em poder de armas de fogo e um facão, rendendo Manoel e sua esposa. O casal foi agredido fisicamente e ficou sob a mira de Leonardo, em um dos quartos da casa, enquanto Alexandre e Adriano vasculhavam a residência.

Aproveitando-se de uma distração de Leonardo, o advogado pegou um revólver que guardava. A ação foi percebida pelo assaltante, que atirou contra a vítima, atingida na clavícula. Mesma ferido, Manoel conseguiu disparar contra o criminoso, que morreu no local. Ao verem o comparsa baleado, os outros dois assaltantes fugiram.

Logo em seguida ao crime e após ser atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o advogado e sua esposa registraram o boletim de ocorrência e fizeram o reconhecimento dos criminosos fugitivos por meio de fotos. Os dois encontram-se detidos.

Comentários
Carregando