fbpx
Justiça manda empresa indenizar funcionária chamada de ‘jumenta’

Caso aconteceu no Rio de Janeiro e foi julgado pelo Tribunal Regional do Trabalho.

A empresa Pressão Um, que possui um posto de combustíveis no bairro Colégio, que fica na Zona Norte do Rio de Janeiro, foi condenada pela Terceira Turma do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) a indenizar uma ex-frentista que foi chamada de “jumenta” e “cabeção” por um superior.

De acordo com o colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, a ex-funcionária receberá R$ 25 mil pela ação. Além do preconceito, ela ainda sofreu assédio sexual na empresa.

Fonte: noticiasaominuto

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta