Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Justiça manda quebrar sigilo bancário de vereadores suspeitos de receberem mensalinho

0

A juíza Deisy Cristhian Lorena de Oliveira Ferraz, da 1ª Vara Cível deste município, determinou a quebra do sigilo bancário dos vereadores Gilvan Soares Barata, Moisés Ferreira dos Santos, Valceni Doré Gonçalves, Djalma Moreira da Silva, Gamaliel Antônio da Silva, Alessandre Siqueira da Silva, Mabelino Adolfo Demeneghi Munari, José Serafim Teixeira de Oliveira, Silvio Oliveira Santos, Rosemar Silva de Oliveira e ainda Rosemar e Oziane Ltda, vereadores, empresários e empresa do município de Cujubim.

O Ministério Público moveu ação cautelar inominada contra todos eles alegando ter tomado conhecimento de suposta prática de corrupção denominada “mensalinho” estabelecida entre os vereadores do Município de Cujubim/RO e o prefeito Ernan Amorim, intermediado pela empresa RS Jardinagem, para que votassem a favor nos projetos de leis do Poder Executivo. Sustentou que o modus operandi consistia em depósitos bancários mensais nos valores que mediavam R$ 1.000,00 a R$ 1.400,00 para cada vereador realizados mensalmente pela empresa requerida. Pediu liminar para determinar a quebra do sigilo bancário dos requeridos no período de janeiro/2009 a dezembro/2010, bem como determinar a intimação do Banco da Amazônia S/A para que fornecesse cópia da gravação do terminal 1002, agência 0166, do dia 07/08/2009, entre as 9:30 h a 10:00 horas.

Ao confirmar a liminar requerida pelo Ministério Público, a juíza destacou que foram encontrados comprovantes de depósitos nas contas bancárias dos vereadores Silvio, Valceni, Djalma e José Serafim, realizados na mesma data e horário.

O prefeito de Cujubim, Ernan Amorim, está afastado do cargo e responde a ações por improbidade ajuizadas pelo Ministério Público de Rondônia. Ele é filho do ex-deputado Ernandes Amorim.

Fonte: tudorondonia.com

Comentários
Carregando