fbpx
Justiça recebe ação de improbidade administrativa contra Emerson Castro e Assis Raupp

O novo secretário-chefe da Casa Civil Emerson Castro, que há pouco comandava a pasta da Educação também na gestão do governador reeleito Confúcio Moura (PMDB), responderá por improbidade administrativa. À mesma ação movida pelo Ministério Público responderá João Assis Ramos, conhecido politicamente como Assis Raupp, sobrinho do peemedebista Valdir Raupp, senador da República.

A juíza de Direito Inês Moreira da Costa, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Porto Velho, mencionou antes de acolher o processamento da ação que está devidamente comprovado que Castro renunciou ao mandato de vereador por Porto Velho para que Assis Raupp assumisse em seu lugar.

Entretanto, Raupp fez nomeações em cargos comissionados conforme as solicitações de Emerson, salientando o Ministério Público que havia vínculo entre as nomeações e os políticos agora réus.

A magistrada então determinou a citação de ambos para que apresentem contestação dentro do prazo legal.

Conheça a versão do Ministério Público publicada pelo jornal eletrônico Rondônia Dinâmica em julho de 2012

emersonentenda

Fonte: Rondoniadinamica

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta