Kassab recua e diz que não vai impor franquia de dados na internet fixa

A repercussão na internet já era grande após a declaração do ministro, que disse ao Poder 360 que pretendia impor franquia de dados na banda larga fixa neste ano.

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, voltou atrás e disse que “não haverá mudanças no modelo atual de planos de banda larga fixa”. Em entrevista ao Poder 360, na quinta-feira (12), ele havia afirmado que o limite de dados para a banda larga fixa poderia entrar em vigor a partir do segundo semestre de 2017.

“O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, esclarece que não haverá mudanças no modelo atual de planos de banda larga fixa, reiterando seu compromisso em atender o interesse da população e do consumidor”, diz a nota, segundo o portal.

A repercussão na internet já era grande após a declaração. A hashtag #NaoAOLimiteDeInternet é o assunto mais comentado no Twitter nesta sexta-feira (13). Em abril do ano passado, quando as operadoras ensaiaram a implementação da medida, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) congelou o plano. A ideia das empresas era que a internet fixa funcionasse da mesma forma que a internet móvel: quando o usuário atinge o limite de sua franquia, a velocidade da conexão cai ou é interrompida. A medida colide com o Marco Civil da Internet.

Fonte: época.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta