Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Ladeira abaixo: 65% consideram Governo Confúcio ruim ou péssimo

0

O governador  Confúcio Moura (PMDB) aparece em 11ª colocação na pesquisa CNI-IBOPE que avaliou a popularidade dos 27 governadores dos estados e do Distrito Federal.

Somente 35% dos entrevistados consideram  Confúcio ótimo ou bom, mas 52% disseram aprovar a maneira dele governar. 49% responderam confiar no governador.

Os governadores mais populares são os dos estados do Amazonas, Pernambuco e Acre.  Os governadores menos populares são os dos estados do Rio Grande do Norte, Distrito Federal e Amapá.

Áreas com pior desempenho A área da saúde só não é a mais assinalada entre as três de pior desempenho no caso do estado da Amazonas. Nesse estado o combate às drogas aparece como o mais citado. Na maioria dos estados, as quatro principais áreas de pior desempenho dos governos estaduais são as mesmas nas quais o governo federal também tem o pior desempenho: Saúde, Segurança pública, Combate às drogas e Educação.

Em alguns estados as escolhas mais lembradas pelos residentes incluem outras áreas que não as quatro citadas acima. Estradas e rodovias foram lembradas com destaque entre os residentes do Amapá, Mato Grosso e Rondônia. A Geração de emprego é citada pelos residentes da Paraíba e Tocantins. Os residentes do Acre e Rondônia elegeram Saneamento Básico entre as de pior desempenho. Seca e abastecimento de água são áreas importantes para os residentes nos estados do Ceará e da Paraíba. Em Mato Grosso do Sul, a política de salários aparece à frente de Combate às drogas. Combate à corrupção aparece entre os quatro piores desempenho mais citados nos estados do Paraná, Rondônia e Santa Catarina.

O Distrito Federal apresenta o maior percentual de residentes que escolheu a área de Saúde como de pior desempenho: 71%. Em seguida têm-se Rio Grande do Norte (69%), Mato Grosso do Sul (63%), Rio de Janeiro (63%) e Rondônia (63%).

No que diz respeito à Segurança Pública, o Distrito Federal também apresenta o maior percentual dos residentes que escolheram a área: 57%. Ceará vem em seguida com 55%. Depois têm-se Alagoas e Paraíba com 53% e Rio Grande do Norte com 52%.

Combate às drogas foi lembrado por 44% dos residentes do estado de Alagoas. No Ceará esse percentual é de 38%. Em seguida têm-se o Paraná, com 35%, Espírito Santo e São Paulo, ambos com 33%.
Para 40% dos residentes do Rio Grande do Norte a área da educação é uma das três onde o governo do estado apresenta pior desempenho. No Rio de Janeiro o percentual é de 36%. Em seguida, empatados com 35%, têm-se Alagoas, Amapá e Sergipe.

A pesquisa foi realizada no período de 23 de novembro a 2 de dezembro de 2013 com eleitores de 16 anos ou mais da área em estudo. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos.

Com  informações do Tudorondonia

Comentários
Carregando