Lava Jato diz a Lula que extraiu documentos do sistema de propinas da Odebrecht

O Ministério Público Federal (MPF) informou ao juiz Sérgio Moro que extraiu os documentos solicitados pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva “diretamente de cópia dos discos rígidos” ligados ao sistema Drousys, fornecidos pela Odebrecht. Os advogados do petista haviam pedido os originais de uma documentação anexada à ação sobre supostas propinas do Grupo para o ex-presidente, na Operação Lava Jato.

O Drousys é o sistema de comunicação secreto do setor de propinas da empreiteira. A Odebrecht fechou acordo de colaboração com a Procuradoria-Geral da República, 77 executivos da empreiteira fizeram delação premiada.

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta