Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Léo Moraes defende aprovação da PEC que atende delegados

0

Deputado disse ter certeza de que o projeto será aprovado quando for votado em plenário

O deputado Léo Moraes (PTB) usou a tribuna na Assembleia Legislativa e saiu em defesa da aprovação de Proposta de Emenda  Constitucional (PEC) de autoria do Poder Executivo que assegura direito à carreira jurídica aos delegados da Polícia Civil de Rondônia e altera critérios para o ingresso na carreira dos delegados da policia judiciária civil. A proposta foi apresentada durante sessão ordinária, mas teve pedido de vistas pelo deputado Ribamar Araújo (PT) para análise.

Léo Moraes destacou que a proposta visa reconhecer uma falha na história da categoria. Disse que 19 Estados no país já contam com a carreira jurídica regulamentada. “Essa correção nada mais é que um reconhecimento aos  nossos valorosos delegados e isso não inclui impacto na folha do governo de Rondônia, apenas vamos fazer justiça.” O deputado destacou, ainda, que o Poder Executivo não seria irresponsável em encaminhar mensagem para a Casa de Leis que gerasse impacto orçamentário. O país e Rondônia vivem um momento de colapso financeiro e a proposta visa reajustes apenas em 2017.

Em aparte o deputado Lebrão (PTN) parabenizou Léo Moraes por defender o tema e afirmou que hoje não existe mais atrativo para que as pessoas sigam a carreira jurídica da Policia Civil e “nós precisamos reconhecer a excelência dessa atividade de delegado. É preciso melhorar e muito a qualidade de vida desses profissionais. Somente a partir de 2017 é que os reajustes serão implantados, não causando inchaço na folha da gestão atual. Votarei favorável em qualquer momento que o projeto entrar em pauta, bem como todas as classes de Rondônia”, destacou. “Vou defender com unhas e dentes a instituição Policia Civil, neste momento  os delegados, que aceitaram a tratativas impostas e debatidas em reunião. Acredito na provação da PEC e na realização do sonho desses profissionais”, afirmou Léo Moraes.

Comentários
Carregando