Léo Moraes ressalta projeto que obriga tradução simultânea das sessões da ALE em Libras

O deputado Léo Moraes (PTB), na sessão desta terça-feira (9) na Assembleia Legislativa agradeceu a presença do público de surdos mudos na galeria do Plenário. O parlamentar é autor do Projeto de Resolução, já aprovado, que institui a obrigatoriedade da tradução simultânea em Língua Brasileira de Sinais (Libras) durante as sessões da Casa de Leis.

De acordo com a propositura, o intérprete deverá traduzir as sessões plenárias, reuniões de comissões permanentes, audiências públicas e demais solenidades realizadas pelo parlamento legislativo.

Léo Moraes explicou que acima do interesse de proporcionar e ampliar a informação sobre o trabalho dos deputados aos portadores de deficiência auditiva, a propositura trata de uma questão de inclusão social.

De acordo com o deputado, a ALE sempre primou pela garantia dos direitos dos portadores de deficiência auditiva, sendo editadas na Casa diversas leis que beneficiam este público e buscam promover o acesso à informação e aos direitos de todos, independentemente de sua condição física ou social.

“E em nome do respeito que temos por todos os cidadãos do Estado de Rondônia é que não poderíamos deixar de oferecer aos surdos mudos a possibilidade de exercer seu direito de acesso à informação e principalmente o pleno exercício da cidadania”, concluiu o parlamentar que teve sua fala e toda a sessão, interpretada em Libras.

Léo Moraes ressalta projeto que obriga tradução simultânea das sessões da ALE em Libras
Léo Moraes ressalta projeto que obriga tradução simultânea das sessões da ALE em Libras
Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta