fbpx
Lewandowski recebe grupo que faz greve de fome pela liberdade de Lula

Manifestantes pedirão ajuda ao ministro para tirar o ex-presidente da prisão. Ex-ministro Gilberto Carvalho acompanha a reunião

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski receberá, às 16 horas desta quinta-feira (9/8), em seu gabinete, o grupo de militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e do  Movimentos de Pequenos Agricultores (MPA) que, há 10 dias, iniciou uma greve de fome em frente a tribunal, pedindo a liberdade de Lula.

Os manifestantes serão acompanhados pelo ex-ministro petista, Gilberto Carvalho. Eles devem entregar ao magistrado um documento no qual pedem que Lewandowski ajude na libertação do ex-presidente, preso, há quatro meses, na carceragem da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, devido sua condenação  no processo envolvendo o apartamento no Guarujá, litoral de São Paulo.

No início da semana, eles pediram audiência com todos os ministros da Corte. Esta é a primeira concedida.

O ministro Marco Aurélio Mello também sinalizou que deverá atender o grupo de sete manifestantes, que, diante do longo período sem comer, já apresentam sinais de fragilidade na saúde. Na quarta-feira (8/8), uma das grevistas passou mal e foi hospitalizada.

Fonte: metropoles

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta