Líder de facção ligada ao PCC, “Dama de Copas” espalha terror no sul da Bahia

Chamada de “Dama de Copas” na lista de procurados da polícia, Jasiane Teixeira comanda o “Bonde do Neguinho”, que age em Vitória da Conquista.

A Polícia Civil da Bahia está atrás da traficante Jasiane Silva Teixeira, de 28 anos, que é conhecida como “dona Maria”  e tem espalhado terror em Vitória da Conquista, no sul do estado. Ela é líder da facção criminosa BDN (Bonde do Neguinho), que é ligada ao PCC.

De acordo com o UOL, as vítimas mais recentes de dona Maria foram dois rapazes que tentaram comprar maconha na área da Vila Sul. Eles foram executados com mais de 10 tiros.

“Pelo que apuramos, os jovens não tinham envolvimento com o tráfico, eram usuários. Mas, ao serem confundidos com integrantes de outra facção, foram mortos”, disse à reportagem o delegado Hudson Santana, da Delegacia de Homicídios.

Só em 2017, o tráfico na cidade já matou 36 pessoas. Em 2016, 200 homicídios foram registrados na cidade, com 90% deles ligados ao crime das drogas.

A maioria dos assassinatos relacionados ao tráfico em Vitória da Conquista tem o envolvimento de dona Maria, que no Baralho do Crime criado pela polícia da Bahia para ajudar a capturar bandidos, aparece como “Dama de Copas”.

“Mas temos informações seguras de que é ela quem manda cometer os homicídios”, disse o delegado Santana ao UOL.

A criminosa é ré em seis processos, que envolvem tráfico e associação para o tráfico (quatro ações) e por homicídio qualificado. Um dos objetivos da traficante é eliminar “Nem Bomba”, rival no comércio de drogas na região. A Polícia Civil está na cola dela.

Fonte: noticiasaominuto

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário