Luiz Cláudio anuncia que Rondônia será livre de febre aftosa em 2019

O deputado federal Luiz Cláudio (PR-RO) participou ontem na Comissão de Agricultura do Senado Federal, cujo presidente é o senador Ivo Cassol, sobre o plano estratégico 2017-2026 do Programa Nacional de Febre Aftosa que foi apresentado nessa audiência pública na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA).

Segundo o parlamentar, trata-se de um conjunto de ações para erradicar a febre aftosa no Brasil, com execução prevista para os próximos dez anos. O objetivo é criar e manter condições sustentáveis para garantir o status do Brasil de país livre da febre aftosa, além de ampliar as zonas livres sem vacinação.

Luiz Cláudio disse que o Estado de Rondônia está de parabéns por não ter apresentado a doença, sem vacinação, porque assim o gado rondoniense demonstra segurança e confiança para o mercado nacional e internacional.

A audiência contou  com a participação do coordenador-geral de Planejamento e Avaliação Zoos sanitária da Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Ronaldo Carneiro Teixeira, e representantes do Setor Privado Brasileiro no Grupo Interamericano para Erradicação da Febre Aftosa, da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes, da Associação Brasileira de Proteína Animal, da  Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso e do Idaron (Rondônia).

O parlamentar disse que quando foi secretário estadual de agricultura, desenvolveu projetos de proteção para que a febre aftosa não afetasse o setor pecuário do Estado. Disse ainda que sob a presidência do senador Ivo Cassol, a Comissão desenvolveu importante debate e estratégias de combate à febre aftosa em todo o país.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário