fbpx
Lula conta com Gurgacz para reverter voto à favor de Dilma

O jornal Estadão de São Paulo informa em sua edição desta quarta-feira que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aposta em um grupo de senadores para tentar reverter o afastamento da presidente Dilma Rousseff e impedir a cassação de seu mandato.

Lula e seu núcleo político apostam que quanto mais demorar o processo no Senado, melhor para Dilma, já que Temer pode sofrer desgaste devido as medidas impopulares que vem adotando. Já o grupo de Michel Temer quer acelerar a votação.

Lula prometeu se empenhar pessoalmente para conversar com senadores que, a seu juízo, poderiam mudar de voto no julgamento. Na mira das abordagens, entre outros, estão Cristovam Buarque (PPS-DF), Omar Aziz (PSD-AM), Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) e Acir Gurgacz (PDT-RO). Lula declarou que se reuniu com o senador rondoniense antes da votação impeachment em um hotel em Brasília.

A estratégia, batizada informalmente de “formiguinha”, será focada em duas principais frentes: a partir da instrução do processo, convencer senadores para impedir que votem pela condenação da presidente afastada por crime de responsabilidade; e reforçar, dentro e fora do País, em especial no próprio Senado, o discurso de que o impedimento de Dilma é um golpe.

Essas ações, avaliam os participantes do encontro, estão vinculadas diretamente ao sucesso do governo do presidente em exercício, Michel Temer, que consideram ilegítimo. Por isso, os petistas querem adiar o julgamento de Dilma até o limite dos 180 dias previstos em lei do afastamento da presidente.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta