Maduro aumenta salário mínimo em 50% na Venezuela – para R$ 36

Presidente Venezuelano propõe 25 anos de prisão para quem sair às ruas para 'expressar ódio'

O reajuste é o quinto em um ano, mas os venezuelanos sofrem com inflação nas alturas e escassez de alimentos e mantimentos básicos

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou neste domingo um aumento de 50% no salário mínimo, que sobe para 40.638 bolívares. O valor representa 60 dólares (180 reais), na taxa oficial mais alta e fictícia, e 12 dólares (36 reais) na cotação do mercado negro. “Para começar o ano, decidi pelo aumento. Seria, se levarmos em conta o aumento que dei em janeiro de 2016, o quinto em um ano”, disse Maduro, na primeira transmissão de 2017 de seu programa semanal no canal estatal VTV. O salário mínimo atualmente em vigor é de 27.091 bolívares e foi reajustado em novembro.

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Por favor, dê um like em nossa página no Facebook
Placeholder
Anterior «
Próximo »

Muryllo F. Bastos é advogado, editor do site e Painel Político. Natural de Vilhena.

  • facebook
  • googleplus

Deixe uma resposta

Direto de Brasília

Associado da Liga de Defesa da Internet