Maia reafirma que reforma da Previdência será pautada no próximo dia 19

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, voltou a defender a votação da reforma da Previdência ainda em fevereiro e disse que o início das discussões ocorrerá no dia 19. Se houver votos suficientes, o tema poderá ser votado no dia 20.

“Eu trabalho para [chegar a] 320 votos. Estou confiante”, afirmou ele, à coluna Expresso, da revista Época, nesta terça-feira (30). “Mas ainda temos um longo caminho a percorrer”, completou.

Segundo Maia, apesar de o calendário estar mantido, a base segue buscando apoio à proposta. O presidente destacou que a resistência na sociedade está diminuindo e que o maior desafio é convencer os parlamentares sobre a importância da reforma.

“Essa reforma é a reforma da igualdade, na qual o trabalhador que ganha um salário mínimo vai ter o mesmo sistema previdenciário daquele que ganha 30 mil ou o teto do INSS. Nosso desafio não é mais apenas convencer parte da sociedade, nosso desafio é mostrar ao deputado e à deputada que o nosso objetivo é ter um novo sistema previdenciário, com igualdade”, defendeu.

Na última quarta-feira (26), o relator da reforma da Previdência na Câmara, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), afirmou que o governo ainda não tem os votos para aprovar a proposta, mas que a base está empenhada para conquistar os parlamentares indecisos. Ele disse que o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, informou que havia, naquela altura, 275 votos certos para aprovar a reforma e, aproximadamente, 55 parlamentares indecisos.

Hoje, o governo pretende reunir os poucos líderes que estão em Brasília, além de ministros, para discutir a proposta. Rodrigo Maia estará presente.

News Reporter
Muryllo F. Bastos é advogado, editor do site e Painel Político. Natural de Vilhena.

Deixe uma resposta