fbpx
Maioria do STF considera válida cota de 20% para negros em concursos

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou pela validade de leia de 2014 que obriga órgãos públicos federais a reservar 20% de suas vagar em concursos para candidatos negros.

O julgamento começou em maio deste ano, mas foi suspenso após voto favorável de cinco dos 11 ministros da Corte. Nesta quinta (8), o debate voltou à pauta.

Os ministros Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio Mello foram a favor da constitucionalidade da cota. No início do debate, em maio, Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Luiz Fux e Rosa Weber também haviam votado a favor.

Faltam os votos de três ministros: Celso de Mello, Gilmar Mendes e Cármen Lúcia. Destes, apenas Gilmar não deve participar do julgamento porque preside a sessão do Tribunal Superior Eleitoral que analisa pedido de cassação da chapa Dilma-Temer.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta