Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Mais uma criança vítima de ataque em creche morre em hospital de BH

Matheus Felipe Rocha dos Santos, de 5 anos, estava internado no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII

0

Um garoto de 5 anos vítima do ataque à Creche Gente Inocente, em Janaúba (MG), morreu na madrugada desta segunda-feira (9) no Hospital de Pronto Socorro João XXIII, em Belo Horizonte. Com a morte de Matheus

Felipe Rocha dos Santos sobe para 11 o número de mortos da tragédia – nove crianças e dois adultos.
A morte foi confirmada pela Secretaria Municipal de Promoção Social de Janaúba.

Oito feridos da tragédia da creche de Janaúba estão internadas no João XXIII – seis crianças e duas professoras. Três crianças estão internadas no Hospital Municipal Odilon Behrens. De acordo com o hospital, duas deixaram o Centro de Tratamento Intensivo (CTI) e foram transferidas para a pediatria do hospital. Já no Hospital Infantil João Paulo II tem duas crianças, que também deixaram o CTI.

Onze crianças e duas mulheres seguem internadas em hospitais da capital mineira: no João XXIII há duas mulheres e sete crianças em estado grave; no Hospital Infantil João Paulo II há duas crianças internadas no Odilon Behrens são três crianças.

No fim da tarde deste sábado, o Hospital de Pronto Socorro João XXIII divulgou um novo boletim e informou que duas das sete crianças internadas na unidade respiravam sem aparelhos.

Em Janúba, 14 crianças, vítimas do ataque, receberam alta do hospital na manhã deste sábado (7). Segundo a pediatra, todas as crianças que estavam no hospital Fundajam receberam alta. “Elas estão saindo com uma folha com orientações, caso sinta algum sintoma estamos pedindo para retornar ao hospital. As crianças ficaram em observação porque tiveram contato com a fumaça, alguns apresentaram tosse leve. Todos estão indo bem pra casa”, disse a pediatra Cintia Neres Brandão Freitas.

Em Montes Claros, também no Norte do estado, há feridos internados em um hospital.
A creche foi incendiada pelo vigia na quinta-feira (5). Damião Soares dos Santos jogou álcool no local, ateou fogo nas crianças e nele mesmo.

Ataque

Onze pessoas morreram após o vigia Damião Soares dos Santos, de 50 anos, colocar fogo na creche onde trabalhava, em Janaúba, no Norte de Minas Gerais, na manhã de quinta-feira (5).

G1/MG

Comentários
Carregando