Maluf não entrega chave de imóvel funcional e pode ser multado

Deputado está preso, desde dezembro, na penitenciária da Papuda

O deputado Paulo Maluf, preso desde o dia 20 de dezembro, deveria ter devolvido o imóvel funcional a que tinha direito, até o última sábado (20), o que não ocorreu. Com isso, ele está descumprindo norma da Câmara e pode até mesmo ser multado, segundo o portal G1.

Maluf foi considerado culpado pelo desvio de dinheiro de obras públicas e remessas ilegais ao exterior, por meio da atuação de doleiros, além da participação em um esquema de cobrança de propinas durante sua gestão da Prefeitura de São Paulo (1993-1996).

A determinação para que começasse a cumprir pena de 7 anos, 9 meses e 10 dias de prisão foi do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF). Atualmente, ele ocupa uma das celas da penitenciária da Papuda, em Brasília (DF).

Dois dias depois de o deputado se entregar, na sede da Polícia Federal, em São Paulo, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, decidiu cortar por inteiro o salário do político.

Com a medida, Maluf também perdeu os benefícios a que parlamentares no exercício do mandato têm direito, como verba de gabinete, cota para viagens e auxílio-moradia. Os advogados dele ainda não se pronunciaram sobre o assunto.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário