fbpx
Marcos Rogério recebeu dinheiro de empreiteiras investigadas na Lava-Jato

[su_frame align=”right”] [/su_frame]O deputado federal Marcos Rogério (PDT-RO) é apontado como o mais forte candidato a assumir a presidência do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados e deverá ser investigado pela Procuradoria Geral da República em breve. Segundo dados do TSE, ele recebeu R$ 100 mil da construtora Queiroz Galvão, também suspeita de participar de cartel e superfaturar obras da Petrobras. A doação feita pela empreiteira foi intermediada pelo partido do parlamentar, neste caso, o PDT. O conselho de ética  é o órgão dentro da Câmara responsável por analisar os casos de quebra de decoro parlamentar e sugerir punições.

Marcos Rogério nega que sua conduta na presidência do Conselho de Ética, caso ele seja escolhido para o cargo, possa ser influenciada pela doação da Queiroz Galvão.

“Foi o meu partido que fez as doações. Isso não vincula a minha pessoa a essa empresa. Não tenho porque ter ligação com essa empresa. Quem me conhece sabe quais são os meus posicionamentos. Fui um dos que capitaneei coleta de assinaturas”, Marcos Rogério.  As informações são do UOL, eia a íntegra da reportagem AQUI

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

2 thoughts on “Marcos Rogério recebeu dinheiro de empreiteiras investigadas na Lava-Jato

Deixe uma resposta