Marcos Valério fecha acordo de delação com a PF

O empresário Marcos Valério, condenado no Mensalão a 37 anos e cinco meses de prisão, fechou acordo de delação premiada com a Polícia Federal para revelar crimes. A informação foi divulgada nesta quarta-feira, 19, pelo jornal O Globo.

Marcos Valério foi transferido na noite de segunda-feira, 17, da Penitenciária de Segurança Máxima Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, para a Associação de Proteção e Assistências ao Condenado (Apac) de Sete Lagoas, também na Grande BH.

A remoção do empresário é um indicativo de que as negociações já estavam bem adiantadas.

Marcos Valério é um personagem emblemático do Mensalão, primeiro escândalo da era Lula, que levou para a cadeia alguns dos principais quadros do PT, como o ex-ministro José Dirceu (Casa Civil) e o ex-presidente do partido José Genoíno.

Nas Apacs, para onde Marcos Valério foi levado no início da semana, os condenados não usam uniforme e os seguranças não portam armas. O empresário já havia pedido transferência para outra Apac, de Lagoa da Prata, no Centro-Oeste de Minas. Porém, a ida para a instituição não ocorreu porque ficou comprovado que Valério, ao contrário do que alegou à época, não tinha parentes residindo no município.

Fonte: O Estado de S. Paulo

Deixe uma resposta