• Homepage
  • >
  • Brasil
  • >
  • Marcos Valério, do Mensalão, pega mais 18 anos de prisão

Marcos Valério, do Mensalão, pega mais 18 anos de prisão

Juiz aponta farsa e nega transferência de Marcos Valério

Empresário foi condenado pela Justiça Federal do Rio por corrupção ativa e formação de quadrilha em suposto esquema de pagamento de propinas a procurador da Fazenda

Empresário foi condenado pela Justiça Federal do Rio por corrupção ativa e formação de quadrilha em suposto esquema de pagamento de propinas a procurador da Fazenda

Segundo acusação do Ministério Público Federal, Marcos Valério teria repassado propinas ao procurador da Fazenda Glenio Sabbag Guedes – condenado na mesma ação a 22 anos de prisão. Também foram condenados dois ex-sócios de Valério, Rogério Lanza Toletino e José Roberto Moreira de Melo.

Marcos Valério já está condenado a 37 anos de prisão no processo do Mensalão – escândalo que abalou o primeiro governo Lula.

Nesta ação penal que pegou 18 anos de prisão, o empresário – que está preso desde novembro de 2013 – é acusado de ter pago ao procurador um total de R$ 3,6 milhões, em valores atualizados, entre 2003 e 2005. Os pagamentos foram identificados na CPI dos Correios, que deu origem ao escândalo do Mensalão.

Tolentino pegou 22 anos e sete meses de cadeia. Moreira de Melo, 14 anos e sete meses.

O juiz condenou o grupo ao regime fechado, mas permitiu a todos que recorram em liberdade.

Todos os condenados vão recorrer ao Tribunal Regional Federal da 2.ª Região. Eles negam a prática de ilícitos.

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Anterior «
Próximo »

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

  • twitter
  • googleplus

Deixe uma resposta

Direto de Brasília