Mariana protela, mas PSDB garante que ela é candidata

Caso Mariana venha a ser eleita prefeita, assume em seu lugar o ex-deputado federal Agnaldo Muniz, que responde processo por envolvimento nos Sanguessugas

No último sábado os tucanos se reuniram em Porto Velho para receber os novos filiados e quem sabe ouvir da boca da deputada federal Mariana Carvalho que ela vai disputar a prefeitura de Porto Velho. Mas, quem aguardava esse anúncio saiu mais uma vez frustrado. Ela foi para um lado, para outro e nada.

De concreto mesmo, só a filiação do deputado estadual Laerte Gomes e o anúncio da saída do deputado estadual Jean Oliveira, que depois de dizer que não sairia mais, recebe um ultimato do presidente da legenda, ex-senador Expedito Júnior, que deu prazo até esta segunda-feira para que Jean peça desfiliação sob pena de ser expulso.

Expedito também garantiu que Mariana Carvalho ‘é candidatíssima’ nessas eleições, e que a demora da parlamentar em confirmar essa candidatura, ‘é por causa do jeito dela de fazer política ‘.

O vice de Mariana deve vir dos partidos que estão com o PSDB atualmente, o DEM, PSC ou PSD.

Caso Mariana venha a ser eleita prefeita de Porto Velho, assume em seu lugar o ex-deputado federal Agnaldo Muniz, que responde processo na justiça do Mato Grosso por envolvimento na máfia dos Sanguessugas, junto com o atual deputado federal Nilton Capixaba. Muniz é o primeiro suplente da coligação e deve migrar para o PSDB nos próximos dias.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário