Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Marido bate em mulher por cada “like” que ela recebeu no Facebook

Adolfina Camelli Ortigoza, 21 anos, foi encontrada na última semana. A jovem foi mantida em cativeiro e resgatada após denúncia do sogro

0

Uma uruguaia teve seu rosto desfigurado depois que o marido decidiu violentá-la por cada “curtida” recebida por ela no Facebook. Segundo o The Sun, Adolfina Camelli Ortigoza, 21 anos, foi encontrada na última semana. A jovem foi mantida em cativeiro e resgatada pela polícia após denúncia do sogro.

Ele desfigurou o rosto da jovem. Segundo o advogado de Adolfina, “cada curtida que ela recebia no Facebook, ele batia nela.”

 

Adolfina, antes de sofrer nas mãos do companheiro

 

Nesta última terça-feira (29/11), Arnaldo Martinez, o advogado da vítima, falou com a imprensa. Ele explicou como Pedro Heriberto Galeano, de 32 anos, torturava a esposa. Segundo Martinez, o suspeito começou a violentá-la cada vez que um de seus amigos no Facebook interagia com as postagens feitas por ela. Galeano também invadiu o perfil de Adolfina e se passava por ela.

“Ele controlou as redes sociais de Adolfina, vigiou as mensagens e as fotos, e por cada “like” que ela recebia de seus amigos, levava uma surra”, contou Martinez. Ela sofreu operações de reconstrução do septo nasal e dos lábios. Galeano foi preso e pode pegar até 30 anos de prisão.

Pedro Heriberto Galeano, de 32 anos, foi preso e, se condenado pode pegar até 30 anos de prisão

Fonte: metropoles

Comentários
Carregando