fbpx
Marina Ruy Barbosa tem partes íntimas fotografadas sem consentimento

Marina Ruy Barbosa teve as partes íntimas fotografadas durante evento de uma marca de celular, em São Paulo, na semana passada, sem que ela percebesse. Uma pessoa, que até o fechamento desta edição não tinha sido identificada, capturou imagens indiscretas por baixo da saia da atriz enquanto ela dava entrevistas, e soltou as fotos na internet.

Marina foi mais uma vítima da importunação ofensiva ao pudor, termo que caracteriza o delito previsto no Art. 61 da Lei de Contravenções Penais, que é importunar alguém, em lugar público ou acessível ao público, de modo ofensivo ao pudor, sob pena de multa. O mesmo da reportagem exibida na TV, recentemente, sobre um funcionário da Infraero que foi detido depois de filmar com um tablet a intimidade de mulheres que subiam a escada rolante do aeroporto, em Belém. O aparelho foi confiscado e o suspeito irá responder pela lei descrita acima.

A família de Marina já acionou os advogados para tomarem as providências cabíveis. A atriz suspeita de um homem que se aproximou dela se identificando como jornalista.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta