Marina Silva dá resposta protocolar sobre casamento gay para CNN

[su_frame align=”right”] [/su_frame]A posição de Marina Silva sobre o casamento homossexual já causou vários reveses em sua campanha presidencial. Primeiro ela disse que apoiaria, depois disse que não. O ator americano Mark Ruffalo, que havia declarado apoio à candidatura de Marina, retirou publicamente com um pedido de desculpas ao saber que ela não é a favor do casamento igualitário.

Faltando quatro dias para as eleições presidenciais, a candidata do PSB falou com exclusividade para Christiane Amanpour, da CNN International, no estúdio da rede americana em São Paulo.

A jornalista fez a pergunta que não quer calar sobre um dos pontos mais polêmicos de sua campanha, o apoio aos homossexuais. Marina explicou que a legislação brasileira já assegura a união de pessoas do mesmo sexo e ressaltou que “defendemos um estado no qual todas as pessoas têm os mesmos direitos, independente de sua cor, condição social ou orientação sexual”.

A questão não é essa. Uma coisa é seu apoio às coisas como estão, outra é aprovar uma emenda constitucional e transformar o casamento igualitário em lei federal, válida em todo o território nacional. Essa é a pergunta a que o próximo presidente tem de responder sim ou não.

IG

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta