Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Mário Neto foi preso acusado de falsificar dinheiro e documentos

0

O empresário Mário Calixto Neto, filho do ex-senador refugiado Mário Calixto foi preso na manhã desta quarta-feira, junto com outras 34 pessoas, acusado de falsificação de moeda, formação de quadrilha, uso de documento falso e declaração falsa. Em 2010 a Polícia Militar apreendeu em um sítio de propriedade de Mário Calixto, um carro com cerca de R$ 3 milhões em cédulas falsas. As investigações da Operação Zagan, deflagrada nesta quarta-feira, teriam iniciado desde então.

Além de Mário Neto, como é conhecido, também foram presos o advogado Felipe Conesuque, Mário André (diretor do jornal O Estadão) e Marcelo Calixto, que havia sido preso na Operação Pretória, da Polícia Federal que investigou os desvios nos pagamentos dos precatórios do TRT de Rondônia.

 prisma

Comentários
Carregando