fbpx
Maurão de Carvalho destaca trabalho na itinerante

Ao participar na tarde desta segunda-feira (1) de entrevista a uma emissora de rádio de Porto Velho, o presidente da Assembleia Legislativa, Maurão deCarvalho (PP), destacou a força produtiva de Rondônia e o crescimento do setor.

Acompanhado do deputado Laerte Gomes (PEN), o presidente discorreu, durante uma hora, sobre os mais variados temas e abriu a entrevista abordando a realização da sessão itinerante, na semana passada, em Ji-Paraná.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]”Foi a primeira sessão itinerante da atual legislatura e lá aprovamos matéria que assegura o curso superior para o ingresso na carreira de policial civil; o Plano Estadual de Educação; aprovamos ainda Ji-Paraná como a capital do agronegócio de Rondônia e outras matérias importantes”, avaliou.

Laerte Gomes, por sua vez, registrou que foi aprovada matéria de autoria do deputado Lazinho da Fetagro (PT) que assegura aos produtores de leite o conhecimento do valor a ser pago pelos laticínios ao produto. “Além disso, a lei aprovada estabelece que, caso não divulgue o valor que irá pagar ao produtor, o laticínio vai pagar o dobro do valor de mercado pelo litro de leite. Isso dá uma garantia a mais a quem trabalha e produz”, ressaltou.

A itinerante foi realizada durante a 4ª edição da Rondônia Rural Show, evento que se consolida como incentivador do agronegócio.

“A vocação de Rondônia é o agronegócio, é o setor produtivo. É graças aos bons resultados no campo que a nossa economia cresce acima da média nacional e gera empregos e renda. A Rondônia Rural Show deve ter movimentado algo em torno de R$ 1 bilhão e isso mostra a força da agropecuária rondoniense”, acrescentou.

Maurão relatou ainda a visita que fez ao Lar do Idoso Aurélio Bernardi, em Ji-Paraná. “Conheci o trabalho desenvolvido e recebemos o pedido de apoio. Na itinerante, asseguramos mais de R$ 200 mil em emendas e vamos apoiar ainda mais”.

Ao final, Laerte Gomes explicou que o projeto de sua autoria, que acaba com aapreensão do veículo, em caso de atraso no pagamento do IPVA, será apreciado na sessão ordinária desta terça-feira (2).

“Com isso, o proprietário do veículo não terá isenção nas multas e nem na taxa do IPVA. Caso não pague, vai ter seu nome inscrito nos órgãos de cobrança, mas não terá o carro apreendido”, detalhou.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta