Maurão de Carvalho prestigia lançamento do concurso de Qualidade do  Café

 

O presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PMDB), participou na manhã desta quinta-feira (12), em Porto Velho, da solenidade de lançamento do Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café Canéfora do Estado de Rondônia.

O evento tem como objetivo estimular a melhoria da qualidade do café produzido em Rondônia, e é promovido pela Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) e a Emater-RO, com apoio da Ceplac, Embrapa, Idaron, Sebrae e outras entidades.

“O café vive um bom momento em Rondônia, com a produção em alta e os produtores ampliando as áreas plantadas, pois o retorno tem sido satisfatório. Temos que investir na melhoria da qualidade dos grãos e em mercados, para garantir a comercialização do produto a um preço satisfatório”, destacou Maurão.

O presidente anunciou que os deputados estaduais já definiram a destinação de uma emenda coletiva, no orçamento do próximo ano, para a compra de mudas de café clonal, que serão distribuídas aos produtores de Rondônia.

“Será uma emenda coletiva, de R$ 10 milhões, para compra de mudas selecionadas de café, através da Seagri. Esse investimento deve impulsionar a nossa produção, que em 2017 deverá atingir dois milhões de sacas. Com a medida, os deputados estaduais estarão contribuindo com a economia de Rondônia, pois o café gera renda ao produtor, empregos e uma receita em impostos elevada”, completou.

Presente à solenidade, o deputado estadual Só na Bença (PMDB) manifestou o seu apoio para a emenda coletiva e assegurou que o setor produtivo tem recebido uma atenção especial dos parlamentares. “A maior parte das emendas é destinadas para compra de máquinas, implementos e outras ações para fortalecer a nossa produção”, acrescentou.

Concurso

As inscrições dos produtores interessados em disputar o concurso já estão abertas e podem ser feitas em qualquer escritório da Emater em Rondônia, até o dia 30 de junho. Serão duas premiações regionais, sendo uma em Cacoal, marcada para 19 de agosto e outra em Machadinho do Oeste, prevista para o dia 26 de agosto.

No concurso, serão avaliados critérios como a fragrância, aroma, defeitos, acidez, amargor, corpo, sabor residual e adstringência. A fase final será em Porto Velho, no dia 14 de setembro, quando será distribuída a premiação. Os dez melhores classificados poderão participar de um leilão, organizado pela Comissão Promotora do Concurso.

Muryllo F. Bastos é advogado, editor do site e Painel Político. Natural de Vilhena.

Deixe uma resposta