Maurão de Carvalho protesta contra cobrança de iluminação pública na zona rural

A cobrança de taxa de iluminação pública dos moradores da zona Rural de Porto Velho, por parte da Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano (Emdur), foi criticada pelo presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PP).

“Sem ter uma luz no poste, no meio do mato, isolado de tudo, o produtor rural pagar uma taxa de iluminação pública é um absurdo. A cobrança é feita pela Emdur que precisa rever essa situação”, destacou.

Para ilustrar a sua fala, o presidente apresentou uma conta de luz de um produtor rural, na região de Jacy-Paraná. Dos R$ 294,90 da conta de energia, R$ 26,03 é referente à taxa de iluminação. “Nenhum poste nas imediações da propriedade possui lâmpada. É um desrespeito que quase 10% do valor da conta seja referente à taxa de iluminação”, completou.

Maurão informou que vai cobrar da direção da Emdur que reveja essa cobrança, pois não é justo cobrar de quem não utiliza o serviço.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta