fbpx
Maurão participa de solenidade onde são anunciados investimentos do Basa

 

O presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho, figurou como testemunha na assinatura do protocolo de intenções entre o governo do Estado e o Basa, durante o Encontro de Perspectivas e Negócios para 2016. A solenidade aconteceu na manhã desta terça-feira (1º), no Palácio das Artes, em Porto Velho. O parlamentar destacou a importância do banco para o desenvolvimento do Estado.

O Basa disponibilizou R$ 700 milhões para financiar projetos em Rondônia. O deputado Maurão afirmou que o recurso chega em momento oportuno, porque os empresários estão esperando pela liberação. Ele destacou as linhas de crédito do banco e a variedade de aplicações.

“Nesse momento o Estado precisa de investimentos. Rondônia não passa pela crise que atinge o País. A crise está mais distante daqui. Então, esse investimento assegura que as coisas continuem assim. Essa ação do Basa ajuda por isso o banco pode contar com o apoio da Assembleia Legislativa”, disse Maurão.

Na solenidade, o senador Valdir Raupp (PMDB-RO) disse que possivelmente o Basa investirá mais de R$ 700 mil em Rondônia. “Tenho certeza de que os empresários daqui têm projetos para absorver todo esse dinheiro, e ainda mais.

Como outros Estados podem não apresentar projetos suficientes para consumir a parte deles, pode sobrar mais para cá”, destacou. O deputado Maurão também disse esperar que sobre a liberação de mais recursos para os empresários de Rondônia, justamente devido à capacidade de os investidores apresentarem mais projetos. “O ideal é que o Basa invista R$ 1 milhão, como aconteceu em anos anteriores”, afirmou.

O governador Confúcio Moura (PMDB) explicou que a história de Rondônia é marcada pela superação das dificuldades. “Queremos esse dinheiro do Basa investido aqui, porque só se sai de uma crise com dinheiro na praça”, acrescentou.

O presidente do Basa, Marivaldo Melo, disse que a intenção é transformar as dificuldades em oportunidades. “A economia de Rondônia é diversificada. O Estado sofreu pouco com a crise”, detalhou.

O diretor financeiro do banco, Wilson Evaristo, que já foi superintendente da instituição em Rondônia, afirmou que o Estado é um dos que apresenta menor índice de inadimplência no Basa. A solenidade contou com participação de muitos empresários. Sete deles assinaram cartas de intenção com o Basa, em um volume de negócios de R$ 120 milhões. Essas aplicações devem gerar 600 empregos diretos e 800 indiretos.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta