Médico que negou atendimento à paciente em Rondônia é condenado

Homem estava com fortes dores abdominais

O Ministério Público de Rondônia obteve junto ao Judiciário a condenação de um médico do hospital público municipal de Machadinho do Oeste, por ato de improbidade administrativa, que atenta contra os princípios da administração pública.
A sentença é resultado de Ação Civil Pública, proposta pela Promotora de Justiça  Marlúcia Chianca de Morais, contra o médico Mario Benício Maia Neto, em razão de o profissional ter negado atendimento a uma paciente que chegou ao pronto-socorro com fortes dores abdominais, provenientes de cólicas renais.
Com base no art. 11 da Lei nº 8.429/92, o médico foi condenado ao pagamento de multa de 20 vezes a remuneração percebida pelo demandado ao tempo do fato, devidamente corrigidos, e a suspensão dos direitos políticos pelo prazo de quatro anos.
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário