Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Menina de 7 anos tem cabeça raspada sem autorização da mãe em escola

A mãe da garota, Denise Robson, processou a instituição, que afirmou ter tomado a atitude por razões de higiene

0

Uma mãe denunciou e processou uma escola em Massachusettes, nos Estados Unidos, após a instituição ter rapado a cabeça de sua filha, de 7 anos, sem a autorização dela. Segundo o colégio, a atitude se deu por “razões de higiene”.

Ao jornal NECN, Denise Robson, a mãe, diz estar muito chateada, pois a escola não pediu permissão para raspar os cabelos da filha. “Eu não vou deixar de me sentir assim [chateada], porque acredito que minha filha foi violada”.

Sobre o argumento da instituição, de que a ação ocorreu devido a fator de limpeza, Denise declara que não havia razão higiênica nenhuma, já que a filha não tinha piolhos. “Seus cabelos tinham dois rabos de cavalo no sábado, estavam presos, não havia nada de errado”, contou.

Contudo, de acordo com o relato de Richard Kendall, advogado de Denise, os voluntários fizeram comentários racistas para a garotinha enquanto cortava os cabelos dela.

REPRODUÇÃO/FACEBOOK

“O voluntário disse à criança que, raspando a cabeça, seus cabelos cresceriam lisos”, disse à CBS. As informações foram passadas pelo jornal Metro. A escola vai apurar o ocorrido e, se necessário, tomar uma atitude apropriada.

Fonte: metropoles

Comentários
Carregando