fbpx
Menino baleado em arrastão no RJ tem morte cerebral

Renan Santos sofreu nove paradas cardíacas

Foi confirmada a morte cerebral do menino de 8 anos baleado na cabeça durante um arrastão em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, neste fim de semana. Renan Santos Macedo, de 8 anos, estava no CTI do Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna.

A criança estava no banco de trás do carro do pai, que, ao avistar pelo menos seis criminosos armados tentou fugir dos assaltos na Avenida Gomes Freire, no bairro Gramacho. Cinco tiros atingiram o veículo. Renan Santos sofreu nove paradas cardíacas. Uma bala ficou alojada no cérebro.

Segundo a Polícia, bandidos das comunidades do Sapinho e do Barro Vermelho realizam arrastões com frequência na região. Agentes fazem buscas no local para colher depoimentos de outras possíveis vítimas do arrastão, em Caxias.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta