Um vídeo se tornou popular na internet nesta quarta-feira ao mostrar uma criança de 7 anos quebrando a sala dos professores na Escola Municipal Paulo Freire, em Macaé. Enquanto joga livros e objetos no chão, os funcionários dizem que ele não deve ser impedido.

Enquanto na internet a maioria dos comentários eram em solidariedade com os profissionais da educação, na vida real há quem os critique. Especialistas afirma que intencionalmente ou não, as imagens nunca poderiam ter ido parar na internet e que, era obrigação deles impedir a atitude do garoto.

A Secretaria Municipal de Educação de Macaé afastou a direção geral da escola até a apuração dos fatos e ordenou que um inquérito seja aberto.

Para os educadores do vídeo, a questão é: “Quero saber com a assistência social, com a polícia, com os bombeiros: o que a gente faz com uma criança dessa”.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário