Microsoft libera versão da assistente Cortana que fala português

A Microsoft liberou uma versão da assistente pessoal Cortana que fala português do Brasil. A novidade, anunciada na sexta-feira (4), pode ser usada pelos usuários do Windows 10 que participem do Windows Insider, programa que adianta novidades para colher opiniões.

A novidade chega atrasada, já que Microsoft havia prometido que a Cortana chegaria ao Brasil ainda em 2015. Junto do português, também foram liberados o espanhol do México e o francês do Canadá.

“Para cada novo mercado e linguagem, a Equipe Cortana trabalha para desenvolver uma experiência personalizada que seja relevante para cada localidade e língua”, explica Gabe Aul, vice-presidente corporativo da Microsoft, em nota. “Por exemplo, no Brasil, Cortana gosta de pão de queijo, uma comida comum em diversas regiões do país. No México, adicionamos um tom local para retratar o sotaque e a linguagem locais.”

A Cortana, que leva o nome de uma personagem dos games “Halo”, é alimentada pela ferramenta de buscas Bing e, assim como a Siri (no iPhone) e o Google Now (no Android), executa funções do smartphone a partir de comandos de voz

A tecnologia é capaz de realizar chamadas telefônicas, enviar mensagens de texto, criar compromissos no calendário ou determinar um alarme.

A Microsoft não informou quando a Cortana, lançada em 2014, será liberada para todos os usuários. A adoção do português pela assistente pessoal, porém, ocorre com maior agilidade do que o observado com os rivais.

Uma adaptação de sua assistente pessoal que compreendesse e respondesse em português falado no Brasil só foi feito pela Apple quatro anos após a assistente pessoal ser implantada em iPhones e iPads.

G1

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta