Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Ministério dos Transportes vai priorizar grandes obras de infraestrutura em Rondônia

0

O presidente em exercício da Fecomércio-RO, Gladstone Frota, retornou nesta quinta-feira 14.07 com excelentes notícias para o setor produtivo e para a economia do Estado. Na audiência realizada na tarde de quarta-feira 13.07, no Ministério dos Transportes, a bancada federal rondoniense e a Fecomércio-RO, definiram várias prioridades para o Estado, em se tratando de grandes obras de infraestrutura.

Na agenda positiva que foi definida na audiência, o ministro Maurício Quintella disse que a bancada federal de Rondônia e a Fecomércio-RO vão se encarregar de apontar quais as prioridades, destacando que não há como fazer todas as obras ao mesmo tempo, mas finalizar as que já estão em andamento, ou mesmo aquelas que precisam de menor aporte financeiro, como é o caso dos aeroportos de Cacoal e Ji-Paraná.

No rol das prioridades, a Fecomércio-RO pediu a imediata inclusão do alfandegamento do aeroporto internacional Jorge Teixeira para passageiros e cargas, cujo projeto já está pronto e custará algo em torno de R$ 7 milhões. Na sugestão do ministro Maurício Quintela, o valor deve ser alocado através de emendas parlamentares. O alfandegamento do aeroporto internacional Jorge Teixeira é uma das principais bandeiras da Fecomércio-RO.

Outras questões que que foram discutidas são as obras de duplicação da BR-364, e as obras de conclusão da RO-425 (Guajará-Mirim), RO-429 (que leva ao Vale do Guaporé) e a RO-435 (antiga RO-399, que liga Colorado a Cerejeiras) e por onde passa 70% dos grãos produzidos na região do Cone Sul de Rondônia. Estas obras, segundo o deputado federal Nilton Capixaba, já estão praticamente com seus trechos licitados, mas ainda faltam os projetos das pontes e cabeceiras.

As obras de dragagem da Hidrovia do Madeira também estão asseguradas, mas só devem começar em 2017, por várias questões. No entanto, a empresa vencedora vai trabalhar por cinco anos ininterruptos e fazer o trabalho em todo os 1.085 quilômetros de extensão entre Porto Velho a Itacoatiara (AM). Segundo o secretário estadual de Desenvolvimento, Basílio Leandro, os chineses também têm interesse em investir na hidrovia do Madeira.

A duplicação da BR-364 foi o principal assunto da pauta na questão das rodovias federais. Os senadores Ivo Cassol e Valdir Raupp demonstraram preocupação com a questão. Raupp, por exemplo, disse que, se a rodovia for privatizada, não haverá como utilizar os R$ 150 milhões das emendas impositivas. Já Ivo Casso disse que, em decorrência da extensão da rodovia, a privatização vai deixar a 364 muito cara por causa do pedágio.

Todos os representantes rondonienses presentes à reunião foram unânimes ao afirmar que a BR-364 precisa urgentemente dessa definição, pois está sendo palco de dezenas de acidentes graves com vítimas fatais e já se transformou numa verdadeira “Rodovia da Morte”.

Ao final da audiência, o presidente em exercício da Fecomércio-RO, Gladstone Frota, entregou ao ministro Maurício Quintela, ao presidente da Infraero, Antônio Claret, e ao Presidente da Agência Nacional de Aviação Civil, José Ricardo Botelho, o Planejamento Estratégico do Turismo de Rondônia, elaborado em parceria com o Governo do Estado, e outros órgãos parceiros do segmento turístico estadual. O planejamento deixa claro que o crescimento do turismo em Rondônia só irá acontecer com o alfandegamento de cargas e passageiros no aeroporto internacional Jorge Teixeira, além da reforma e ampliação de outros aeroportos nos municípios rondonienses.

A audiência foi realizada na sala de reuniões do Ministério dos Transportes em Brasília com a presença do presidente em exercício da Fecomércio-RO, Gladstone Frota, do ministro dos Transportes Maurício Quintella, do presidente da Infraero, Antônio Claret, do presidente da ANAC, José Ricardo Botelho, do diretor de aeroportos da Infraero, Márcio Jordão, do diretor-geral do Dnit, Valter Casimiro, do secretário nacional de Aviação Civil (Sac), Dário Rais Lopes, do secretário estadual de Desenvolvimento, Basílio Leandro, além dos senadores Valdir Raupp e Ivo Cassol, e dos deputados federais Marinha Raupp, Nilton Capixaba, Lindomar Garçom, Mariana Carvalho, do deputado estadual Leo Moraes e os prefeitos José Rover (Vilhena) e Airton Gomes (Cerejeiras).

“A reunião não poderia ser mais satisfatória. Gostaria de deixar consignado o apoio do coordenador da bancada, deputado Nilton Capixaba e a articulação política da deputada federal Marinha Raupp que tem abraçado essas causas e saindo em defesa do segmento econômico rondoniense. Todos o alto escalão do Ministério dos Transportes se fez presente e isso propiciou uma discussão profunda que apontou problemas e soluções para cada caso”, ressaltou Gladstone Frota.

Comentários
Carregando