fbpx
Ministro da Justiça critica indígenas: ‘Terra não enche barriga’

Osmar Serraglio, substituto de Alexandre de Moraes, também insinuou que ONGs do setor estariam desviando dinheiro público e que CPI vai ‘surpreender’.

Substituto de Alexandre de Moraes no Ministério da Justiça, Osmar Serraglio (PMDB) já está seguindo os passos do antecessor, ao menos no que diz respeito às declarações polêmicas. Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, publicada na edição desta sexta-feira, ele criticou os grupos indígenas que se concentram na questão da demarcação de terras, que, de acordo com ele, “não enchem a barriga de ninguém”.

“Vamos dar boas condições de vida para eles, vamos parar com essa discussão sobre terras”, disse ao jornal. Ele também insinuou que ONGs do setor estariam desviando dinheiro público. “Ouço muito essas ONGs levando dinheiro, inclusive dinheiro oficial na saúde”, afirmou o titular da Justiça, que acrescentou que os indígenas estão sendo tratados “como uns animais”.

Confrontado com a contestação de que estava acusando as entidades de desvios, o ministro, deputado federal licenciado pelo PMDB-PR, disse que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Fundação Nacional do Índio (Funai) está com informações que vão “surpreender”.

Substituto

Osmar Serraglio não era a primeira opção do presidente Michel Temer para o Ministério da Justiça. Após o anúncio da indicação de Alexandre de Moraes para a cadeira vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), Temer afirmou várias vezes querer fazer uma escolha pessoal para a função, apesar da pressão da bancada do PMDB na Câmara, que buscava emplacar um nome no cargo.

Após a sinalização negativa de alguns nomes, como o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) e a ex-ministra do STF Ellen Gracie, o presidente chegou a convidar oficialmente outro antigo nome do Supremo, Carlos Velloso, que recusou o convite. Foi após o “não” de Velloso que o presidente decidiu ceder ao partido e nomear Serraglio como novo titular da pasta.

Fonte: veja.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta