fbpx
Ministro do TCU propõe bloqueio de bens de Dilma por prejuízo à Petrobras

O ministro Vital do Rêgo, do Tribunal de Contas da União (TCU), propôs nesta quarta-feira (11) o bloqueio de bens de ex-membros do conselho de administração da Petrobras, entre eles a ex-presidente Dilma Rousseff, para ressarcir a Petrobras pelo prejuízo de US$ 580 milhões causado pela compra da Refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.

A proposta foi feita durante a leitura do voto de Vital. Para que o bloqueio aconteça, é preciso que o plenário do TCU aprove a medida. A decisão deve ocorrer ainda na manhã desta quarta.

Na época da compra de 50% da refinaria de Pasadena pela Petrobras, em 2006, Dilma Rousseff era ministra de Minas e Energia no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e presidia o Conselho de Administração da estata. Depois, a estatal acabou comprando a outra metade da refinaria.

De acordo com Vital, o conselho que aprovou a compra dos primeiros 50% da refinaria também é responsável pelo dano causado pela totalidade da refinaria.

Além de Dilma, o conselho era composto, na época, por: Antônio Palocci, Claudio Luis da Silva Haddad, Fábio Colletti Barbosa, Gleuber Vieira e José Sérgio Gabrielli. O ministro do TCU Vital do Rêgo propos o bloqueio de bens de todos eles.

Fonte: g1

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta