Modelo italiana troca voto por sexo oral; 400 homens já ganharam o “obrigado”

Paola Saulino faz um tour sexual pela Itália, agradecendo aqueles que aderiram a sua proposta de votar “não” ao referendo do país

Uma modelo e atriz italiana está causando o maior burburinho na internet. Paola Saulino , de 27 anos, que prometeu um agradecimento especial para os eleitores votarem “não” ao referendo constitucional em seu país.

Paola tem cumprido a promessa, embarcando em um tour sexual. A modelo relevou que após viajar um mês pela Itália, já realizou sexo oral a mais ou menos 400 homens (que negaram a proposta).

Desde o começo da sua campanha com troca de favores, ela já recebeu mais de 10 mil candidaturas, tudo via email, e as avaliou. Para aqueles que receberiam um “obrigado” um tanto inusitado, Paola Saulino enviou um código para marcar o dia, a hora e o local  do encontro, onde o homem iria ganhar o sexo oral .

Depois de tantos agradecimentos, a atriz confessa estar um pouco cansada do exercício. Ao jornal britânico  “Daily Mail”, ela diz que até agora está tudo indo muito bem e que não teve problemas , a não ser algumas “dores no maxilar”.

Livre de tabus

Tanto nas entrevistas sobre o assunto quanto nas redes sociais, Paola Saulino não tem medo de falar o que pensa e mostra que nos encontros é ela que comanda tudo, inclusive o uso ou não de camisinhas durante a estimulação. “Sou em quem escolhe se o homem (a quem faço sexo oral) usa ou não preservativo. Se eu não quiser é uma decisão minha! Também sou eu que decido se engulo ou cuspo”, conta ela.

A modelo e atriz ainda não acabou com seu tour sexual pelo país e prepara-se, para no próximo mês, visitar para outras cidades. Entre algumas localidades que já foram divulgadas são Latina, Positano, Foggia, Campobasso,  Purfugas, Catanzaro, Salerno, Bodduso, Cannigione, Cagliari, Bomarzo e Catania.

Também houve desistência no chamado

Você, assim como outros caras, podem ter se empolgado com a história e essa troca parece ser uma ótima ideia, não é mesmo? Mas para alguns, essa excitação toda não ajudou na hora H.

“Houve um homem que chegou até mim, ficou de pé na minha frente e baixou as calças, mas o pênis não estava ereto. Depois, ele começou a chorar e falou ‘Desculpa, sou muito envergonhado’. Ainda tentei durante alguns minutos, mas ele decidiu ir embora porque não se sentia confortável”, relata a modelo, que completa dizendo que “tirando isso, ninguém se queixou até agora.”

News Reporter
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta