Moradores de rua poderão ser abrigados em casas de apoio, em Cacoal (RO)

In Rondônia
Moradores de rua poderão ser abrigados em casas de apoio, em Cacoal (RO)
Espalhe essa informação

Aproximadamente 15 pessoas vivem em avenidas e praças públicas da cidade.
Iniciativa faz parte do projeto ‘Todos Pelos Moradores de Rua’.

Moradores de rua de Cacoal (RO), a 480 quilômetros de Porto Velho, poderão ser abrigados em casas de apoio, desde que sejam motivados por vontade própria, conforme a Secretaria Municipal de Assistência Social e Trabalho (Semast). Nesta sexta-feira (17), uma tenda deverá ser montada pelo órgão, na praça da Avenida Belo Horizonte, para cadastrar e prestar atendimento às pessoas que desejarem o benefício.

Segundo a Semast, aproximadamente 15 pessoas vivem nas principais avenidas e praças públicas de Cacoal. O atendimento será realizado para aqueles que possuem a dependência de algum vício, como álcool ou drogas. A iniciativa será realizada por meio do projeto ‘Todos Pelos Moradores de Rua’, que prevê uma parceria entre a Semast e instituições que oferecem serviço de recuperação de dependentes.

“A secretaria entra com a parte de assistência ao morador de rua, oferecendo assistente social, psicólogos, unidade móvel para que eles possam ser conduzidos até a casa que servirá de abrigo. As casas de abrigo estão nos concedendo o alojamento e a alimentação”, explicou o secretário de Assistência Social, Elias Moisés, em entrevista à Rede Amazônica.

Boa parte dos moradores de rua de Cacoal fica concentrada em uma praça pública localizada na Avenida Belo Horizonte. Nesta sexta-feira, a partir das 8h, a Semast deverá montar uma tenda para começar os cadastros e os atendimentos para ajudar de forma voluntária essas pessoas.

De acordo com a secretaria, a comunidade também pode contribuir com o projeto doando materiais de higiene pessoal, basta procurar a Semast.

“As pessoas que desejarem e puderem doar shampoo, sabonete, escovas de dentes, ou seja, aqueles materiais de higiene básica, como também roupas, colchões, lençóis, toalhas de banho, tudo isso será muito bem-vindo”, enfatiza Elias.

Com a iniciativa, o Município espera manter as atividades de auxílio e recuperação dessas pessoas, evitando que elas retornem às ruas.

Fonte: g1.com

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!

You may also read!

Médico de 69 anos é preso por abusar de mulheres durante exames para CNH

Espalhe essa informação Ele tocava seios e cintura de vítimas durante exames Um médico de 69 anos foi preso

Read More...
Paquistanês de 70 anos revela que sexo todos os dias rendeu 54 filhos

Paquistanês de 70 anos revela que sexo todos os dias rendeu 54 filhos

Espalhe essa informação Morador de Nushki, no oeste do Paquistão, Abdul Majeed Mengal sustenta a grande família trabalhando como

Read More...
Governo federal vai lançar pacote para obras municipais

Governo federal vai lançar pacote para obras municipais

Espalhe essa informação A Caixa Econômica Federal dará financiamento para as áreas de mobilidade urbana, resíduos sólidos, iluminação pública,

Read More...

Deixe uma resposta

Mobile Sliding Menu