Ministro negou que compromisso do presidente da República seja com as eleições em 2018.

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, defendeu nesta quarta-feira (8) a gestão do correligionário Michel Temer e o programa “Uma Ponte para o Futuro” que seu partido lançou, sob sua coordenação, antes de o peemedebista ser efetivado na Presidência da República.

Durante a solenidade de um ano do documento, Moreira Franco criticou, sem citar nominalmente, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, presidente de honra do PSDB, um dos principais aliados do governo do PMDB.

— (Da elaboração da Ponte para o Futuro) participaram os mais brilhantes economistas do País, de várias tendências, nada melhor do que o convívio com o contraditório. E o documento teve repercussão imensa e até hoje causa uma certa inveja em aliados nossos que insistem em dizer que não é ponte, é pinguela.

Moreira Franco fez uma referência à declaração de FHC que, em entrevista em dezembro ao Estado, comparou a gestão Temer a uma pinguela e disse se esforçar para contribuir de algum Ministro negou que compromisso do presidente da República seja com as eleições em 2018.

Fonte: r7.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta