Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Moreira pretende acompanhar denúncias de irregularidade na gestão do Sebrae-RO

0

Em plenário, nesta segunda-feira (24), o líder do PSD, deputado Moreira Mendes (RO), disse que vai acompanhar de perto o andamento das investigações sobre as irregularidades na gestão do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), de Rondônia, apontadas pela chamada Operação Feudo da Polícia Federal. Moreira destacou que as denúncias vão desde desvio de função de assessores até dívida com a Receita Federal. O parlamentar lamentou os prejuízos causados aos micro e pequenos empresários.

“O esquema fraudulento de licitação comprometeu 20% do orçamento, o que significa cerca de R$ 39 milhões. Infelizmente, os micro e pequenos empresários de Rondônia já pagaram, em ocasiões anteriores, parte dessa conta que não deviam, simplesmente por omissão dos dirigentes do Sebrae-RO. E, agora, terão que pagar novamente”, lamentou.

Moreira destacou que a instituição contribui diretamente para o fortalecimento da economia e melhoria na qualidade de vida da população. Ao final de seu discurso, convidou os parlamentares de Rondônia para também acompanharem as investigações do Tribunal de Contas da União (TCU), Controladoria Geral da União (CGU), Ministério Público do Estado e Polícias Civil e Rodoviária Federal.

“Fatos lamentáveis como esses causam revolta e, certamente, incentivam a impunidade. Até agora, o que se sabe é que a Operação Feudo apontou a participação de 20 pessoas no esquema que utilizava entidades filantrópicas e empresas fantasmas para desviar dinheiro”.

Moreira disse ainda, que de acordo com relatórios que recebeu em seu gabinete, o Sebrae Nacional tinha conhecimento dos esquemas fraudulentos da unidade em Rondônia. Ele informou que convidou os envolvidos para explicar o que ocorreu, mas que não obteve sucesso.

“Compartilho isto com os demais parlamentares, em especial, com os de Rondônia, para que possamos exigir do Sebrae Nacional um comportamento diferente com explicações sobre o que está fazendo lá no Estado”, finalizou.

Comentários
Carregando