Moro pede afastamento para estudar nos Estados Unidos

Juiz não deve viajar antes do término da Operação Lava Jato, que é previsto para o fim de 2018 ou começo de 2019

O juiz Sergio Moro pretende se licenciar das suas atividades para passar uma temporada estudando nos Estados Unidos. Contudo, ele não deve viajar antes do término da Operação Lava Jato, que é previsto para o fim de 2018 ou começo de 2019. As informações foram divulgadas pela colunista Mônica Bergamo na Folha de S. Paulo.

A secretária do departamento de ciências jurídicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR) confirmou que o magistrado pediu afastamento também das suas funções na instituição, onda leciona direito processual penal.

No entanto, pela sua assessoria de imprensa, o juiz negou que irá estudar nos Estados Unidos. Confirma apenas o pedido de afastamento da UFPR.

Colegas da universidade informaram que Moro quer se dedicar exclusivamente à fase final dos processos na Lava Jato, por isso vai interromper as suas atividades na UFPR.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta