Morre Hélio Dourado, presidente do Grêmio no primeiro título brasileiro

“É com imenso pesar que o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense comunica o falecimento do ex-presidente e patrono, Hélio Dourado. Neste momento de dor, o Clube se solidariza com os seus familiares e amigos”, escreveu o clube tricolor em comunicado no seu site oficial.

“Reconhecido como um dos maiores dirigentes gremistas, Hélio Volkmer Dourado tem uma vida dedicada ao Grêmio. Nascido em Santa Cruz do Sul no ano de 1930, tornou-se sócio do Clube aos 11 anos de idade.

“Foi alçado ao cargo de Conselheiro em 1967 começando, efetivamente, seu trabalho nos bastidores. Após passar por diferentes vice-presidências, foi eleito presidente pela primeira vez em dezembro de 1975. Exerceu seis anos consecutivos de mandato, até o final de 1981. Neste mesmo ano, levou o Tricolor ao título de Campeão Brasileiro, ultrapassando as fronteiras do Estado”, recordou o Grêmio.

“Sua trajetória dentro do Clube rendeu inúmeras, e merecidas, homenagens: em 1997, foi agraciado com o título de Grande Benemérito, um feito para poucos. Em 2011, ao lado dos campeões Roger e Émerson, deixou sua marca na Calçada da Fama do Estádio Olímpico. Dá seu nome ao Centro de Treinamento que ajudou a construir, em Eldorado do Sul”.

“A história e a personalidade de Hélio Dourado se confundem com a própria história do Grêmio. Foram anos de dedicação e de entrega, que colocaram o Clube no patamar mais alto. Uma história que jamais será esquecida”, publicou o clube gaúcho.

ESPN

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta